Até 2009 o Alto do Sumaré era um pouco “isolado” da cidade. Um morador que já reside no bairro há quase 20 anos disse que “aqui sempre foi um bairro tranquilo, mas pouca gente andava aqui, faltava algumas coisas que chegaram e hoje temos muitas opções. Só andava aqui mesmo quem morava aqui e era aos poucos…”

De 2009 para cá, a região do Alto do Sumaré está vivendo um crescimento muito grande e tudo começou com as casas do programa Minha Casa Minha Vida, com o lançamento de dezenas de projetos de várias empresas e construtores.

Em seguida a tão sonhada BR 110 ligando Mossoró para Upanema foi pavimentada. A rodovia federal cortou o bairro ao meio. A avenida do contorno (Complexo Viário do Abolição) foi duplicada (BR 304), melhorando muito a malha viária de acesso ao Alto Sumaré.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN) também inaugurou um grande reservatório e muitas ruas foram pavimentadas em 2013. Os empreendimentos continuaram chegando e junto deles vários serviços e comércios foram instalados na região.

Posto de Combustíveis em construção na Avenida João Barbosa de Lira, com a BR 110, no acesso para o Cidade Jardim 1 e o Cidade Jardim 3 (dois dos empreendimentos mais conhecidos do bairro), próximo as instalações da Petrobras.

Foto de obra de um posto na BR 304, ao lado da Petrobrás, no acesso do Cidade jardim 3

Pode-se observar que ainda falta infraestrutura em algumas ruas, no trecho acima da BR 110, mas a maioria são ruas antigas onde quem fez o loteamento não fez a pavimentação e a Prefeitura Municipal de Mossoró ainda não fez o benefício. Deve fazer nos próximos meses.

Na prática, essa não é a realidade da maioria dos atuais projetos de habitação do bairro, onde normalmente o empreendedor entrega a rua pavimentada, com a infraestrutura 100% feita.

No atual cenário do bairro, com os projetos novos de habitação, quem quiser comprar uma casa tem boas opções que não vão lhe trazer dor de cabeça no futuro. Segundo os corretores, o que mais chama atenção é a localização do bairro em relação a cidade.

Os moradores do Alto Sumaré podem usufruir de tudo que já existe no bairro e tem acesso fácil ao Alto de São Manoel. É uma região ventilada, por está geograficamente localizada na região mais alta de Mossoró. O bairro também concentra os índices mais baixos de violência da cidade.

Academia no Bosque dos Pássaros

O MOSSORÓ HOJE conversou com Diego Bezerra, engenheiro da Casanova Construções. “Aqui não há especulação imobiliária, basta perceber que quase todas as áreas disponibilizadas são ocupadas por imóveis residenciais, assim os poucos lotes comerciais acabam ganhando mais valorização, pois não haverá oferta futura, ao mesmo tempo que a demanda por áreas comerciais aumenta cada vez mais com a chegada diária de novos moradores”, explica Diego Bezerra.

“A infraestrutura oferecida também é fundamental para essa valorização, pois entregamos todas as vias e acessos 100% pavimentados, construímos e doamos à Cosern e a Caern toda a rede de energia, e toda a rede de água e equipamentos necessários para um bom abastecimento. Executamos toda a terraplenagem e drenagem, e ainda cuidamos de boa parte da limpeza e manutenção das vias e canteiros”, acrescenta o engenheiro.

Novas casas sendo concluídas no Cidade Jardim, com toda a estrutura de ruas, água, saneamento e energia.

Apesar dos problemas causados por duas empresas que até hoje não entregaram os imóveis a quem adquiriu (Veja AQUI), é fácil constatar que são casos isolados e que os trabalhos de outras construtoras no Alto Sumaré se consagraram num grande sucesso.

As obras de construção de casas de várias construtoras estão em andamento e certamente o bairro Alto Sumaré continuará crescendo e se desenvolvendo, proporcionado pela proximidade da cidade associado as qualidades elencadas.

Fonte: Mossoró Hoje

WhatsApp